sábado, 9 de junho de 2018

Carro abalroado por comboio em Portimão fazendo um ferido

Um idoso, de 88 anos, sofreu ferimentos ligeiros depois de o veículo onde seguia ter sido abalroado por um comboio numa passagem no interior da cidade.

O idoso foi transportado para o hospital.

Para o local foram mobilizados 14 operacionais, auxiliados por seis veículos, entre bombeiros e autoridade.

O alerta foi dado às 13h37, tendo a circulação estado interrompida apenas para remoção da viatura.

(Fonte noticiasaominuto.com)
(Fotografia Correio da Manhã)

sábado, 2 de junho de 2018

Santos Populares com Marchas e Arraiais em Portimão

Junho é mês de Santos Populares e Portimão mantém e reinventa a tradição, preparando-se para viver 23 dias de grande animação, onde não faltarão os desfiles das Marchas Populares, os Arraiais e Animação de Rua.

As Marchas Populares voltam a sair à rua nas três freguesias do município para os tradicionais desfiles, que contam com a participação de várias coletividades do município e outras convidadas dos concelhos vizinhos.

8 de junho - Zona Ribeirinha de Portimão
15 de junho - Adro da Igreja Mexilhoeira Grande
22 de junho - Zona Ribeirinha de Alvor
29 de junho - Praia da Rocha

O movimento associativo estará em massa para festejar as marchas no concelho, um evento que tem uma enorme adesão popular e que são vistas por milhares de pessoas. As Marchas dos Santos Populares são cada vez mais um importante cartão-de-visita para o Município, levando às ruas milhares de pessoas residentes mas também os turistas que nesta altura do ano visitam Portimão. 

Marchas: *Marcha Infantil do Clube de Instrução e Recreio Mexilhoeirense, Clube de Instrução e Recreio Mexilhoeirense, Sociedade Recreativa Figueirense, Sporting Glória ou Morte Portimonense e Vila de Alvor.

Marchas Convidadas: Marcha do Centro Comunitário Duna-Caslas/ Meia Praia Lagos, Marcha da Associação Grupo de Amigos da Pedreira, Marcha de Odiáxere e Marcha Popular Nova Juventude de Silves.

ARRAIAIS
ARU Centro Histórico de Portimão
Clube União Portimonense e Sociedade Vencedora Portimonense
Música Popular Portuguesa | Petiscos
12, 23 e 29 junho 2018 - Rua Nova 19h30 às 24h00

ARRAIAIS
Sporting Glória ou Morte Portimonense
9, 16, 23 e 30 junho
Espaço junto à Antiga Lota
Animação musical | Petiscos
20h30

quarta-feira, 23 de maio de 2018

Joaquim Lara acusado do homicídio do enteado, Rodrigo Lapa

Ministério Público acusou Joaquim Lara Pinto de homicídio qualificado e profanação de cadáver pela morte do enteado, Rodrigo Lapa, morto em 2016 em Portimão. Julgamento vai decorrer no Brasil.

Joaquim Lara Pinto
O Ministério Público acusou Joaquim Lara Pinto dos crimes de homicídio qualificado e profanação de cadáver. O homem, de nacionalidade brasileira, era o principal suspeito do assassinato do enteado, Rodrigo Lapa, de 15 anos, desaparecido a 22 de fevereiro de 2016 e que acabaria por ser encontrado morto, com marcas de asfixia, uma semana depois, a 100 metros da casa onde ambos moravam com a mãe do menor, Célia Barreto.

O processo vai ser transferido para o Brasil para que o suspeito seja julgado em Cuiabá. No dia em que o jovem desapareceu, recorde-se, o principal suspeito viajou para o Brasil. Fonte do Ministério Público, confirma: “O processo tem cinco volumes e vai ser enviado para o Brasil a pedido do Ministério Público brasileiro, com o consentimento do juiz de instrução criminal português”. O suspeito deverá ser agora detido pelas autoridades brasileiras e presente ao juiz.

Rodrigo Lapa
O advogado do pai de Rodrigo, Pedro Proença, também confirma esta informação: “O MP acredita que os indícios que acusam Joaquim Lara Pinto são suficientemente fortes e irão enviar o processo para o Brasil para ser julgado lá”.

Depois de ser ouvida pela Polícia judiciária de Portimão, Célia Barreto, mãe do menor, terá confessado às autoridades que presenciou a agressão sofrida por Rodrigo e que ouviu os gritos do filho no dia do desaparecimento.

(Fonte observador.pt)

domingo, 20 de maio de 2018

Praticante de parapente morre em queda em Alvor

Um praticante de parapente motorizado morreu este domingo na sequência de queda deste ultraligeiro num campo de futebol situado em Alvor, Portimão.
 
O acidente verificou-se cerca das 11h30 e o homem tinha 49 anos, disse à agência Lusa fonte da Polícia Marítima de Portimão.
 
De acordo com a Polícia Marítima, após o acidente deslocaram-se também ao local bombeiros de Portimão e elementos do INEM, tendo a vítima sido ainda submetida a manobras de reanimação, mas sem resultado.
 
O corpo foi encaminhado para as instalações do Instituto de Medicina Legal.

(Fonte: Lusa/JN)

Ferry assegura ligação Funchal-Portimão a partir deste Verão

Na última semana de Junho, o mais tardar na primeira de Julho, a ligação marítima de passageiros e mercadorias entre a Madeira e Portimão será retomada.
 
 
O regresso da linha ferry no Verão deste ano é o culminar de um atribulado processo, marcado por avanços e recuos.
 
Os valores anunciados para as passagens apontam para os 29 euros por trajecto para residentes (80 para não residentes), 120 euros para automóveis e 40 euros para motos. Para quem preferir passar as cerca de 24 horas de viagem num camarote, os preços oscilam entre os 40 euros (quádruplo interior) e os 259 euros (suite individual). Para não residentes, os valores sobem para 100 euros e 649 euros, respectivamente.

quarta-feira, 2 de maio de 2018

Gare rodoviária retira 60 autocarros de Portimão

A nova gare rodoviária de Portimão, situada na Caldeira do Moinho, junto ao Portimão Arena, entrou na terça-feira em pleno funcionamento.


Uma medida que permite acabar com a circulação de cerca de 60 autocarros expresso por dia no interior da cidade.

"Com a retirada dos autocarros da zona ribeirinha estamos a contribuir para que o trânsito circule com maior fluidez na cidade e para uma redução das emissões de gás CO2, contribuindo assim para um melhor ambiente", salienta Isilda Gomes, presidente da autarquia.

A autarca refere que, até agora, os passageiros dos autocarros tinham de "esperar ao sol ou ao frio, sem condições condignas", na zona ribeirinha, enquanto com a nova gare rodoviária "passam a ter todo o conforto, dispondo de instalações devidamente apetrechadas e com ar condicionado".

A retirada dos autocarros expresso da Baixa da cidade permite, por outro lado, disponibilizar um maior número de lugares de estacionamento gratuitos para os automobilistas.

"Existe um ‘shuttle’ [miniautocarro] que assegura o transporte das pessoas desde a zona ribeirinha até à gare rodoviária e vice-versa", explica Isilda Gomes, adiantando que este serviço "é gratuito".
A autarquia terá o encargo de 375 euros diários com os 35 ‘shuttles’ diários.

A nova gare rodoviária - uma obra há muito aguardada pela população - representou um investimento superior a 270 mil euros por parte da autarquia. O espaço criado resultou do aproveitamento de duas naves do mercado abastecedor, situado numa das saídas da cidade.

(Fonte cmjornal.pt)
(Fotografia Pedro Noel da Luz)

Homem rouba supermercado com faca e leva 6 euros

Um homem foi detido pela polícia, pouco depois de roubar um supermercado, ao início da madrugada de terça-feira, em Portimão, com uma faca e de cara destapada.


O assaltante tinha levado apenas os seis euros que estavam na caixa do estabelecimento.
A situação aconteceu por volta da meia-noite, na rua D. Carlos I, já próximo da Estrada da Rocha.

O homem, de 45 anos e de nacionalidade angolana, foi uma primeira vez ao estabelecimento mas disseram-lhe que já não o podiam atender devido à hora tardia. Pareceu aceitar a recusa e afastou-se do local mas voltou, poucos minutos depois, com uma faca na mão, com a qual ameaçou os funcionários, enquanto exigia o dinheiro que estava na caixa. Estes não ofereceram qualquer resistência mas o ladrão teve azar pois só havia seis euros, e foi tudo o que levou quando abandonou o local.

Logo após o assaltante fugir, os funcionários alertaram a PSP, que enviou de imediato um carro, com dois polícias, ao supermercado. Os agentes recolheram os testemunhos e, em particular, a descrição da cara do suspeito. Com esta informação, os polícias começaram a percorrer as ruas da zona em busca do homem e localizaram-no, com relativa rapidez, nas ruínas do Convento de S. Francisco, que fica nas proximidades, e onde foi detido. O suspeito acabou por confessar o assalto aos agentes e os seis euros que tinha levado foram recuperados.

(Fonte cmjornal.pt)
(Fotografia Miguel Veterano)